quarta-feira, 27 de maio de 2009

CAPRI - GRUTA AZUL

Gruta Azul é conhecida em todo o mundo por seu tamanho, os tons de azul intenso no seu interior e as mágicas prateadas luz que emanam do objeto imerso em suas águas. Os visitantes do Grotta Azzurra pode chegar quer de autocarro ou de táxi a partir de Anacapri, ou por barco a partir de Marina Grande, em um dos barcos turísticos que parar na entrada da caverna durante a viagem ao redor da ilha. A fim de introduzir o Grotta Azzurra visitantes sobem a bordo remo pequenas embarcações, com capacidade para duas, no máximo, três, dos passageiros e, deitado no fundo do barco, entra o baixo e estreito boca da caverna. Entrada para a gruta não é possível na presença do oeste e sul mistral ventos. A entrada para a Grotta Azzurra é formado por uma pequena abertura natural na parede rochosa, cerca de 2 metros de largura e 2 metros de altura. O telhado da entrada situa-se cerca de 1 metro acima do nível do mar e, por essa razão, os passageiros são obrigados a deitar-se no barco, enquanto na passagem para a caverna. O barqueiro estabelece suas linhas e manobras no interior do barco com a ajuda de uma cadeia anexa à abóbada da entrada. O interior é magnífico effused com tons azuis. A abóbada, conhecido como o Duomo Azzurro, tem uma altura média de 7 metros de subida a 14 para as costas da caverna. A erosão cavidade é de aproximadamente 60 metros de comprimento e até 25 metros de largura. A caverna continua com a Galleria dei Pilastri, ligando três ramos que correm para o Sala dei Nomi, o nome da qual foi inspirado pelas inúmeras assinaturas deixadas pelos visitantes nas paredes da caverna. Depois, há o Passaggio della Corrosione, bem como a Sala della Corrosione, o ponto mais acessíveis. A coloração azul da Grotta Azzurra é criado pela luz natural que entra através de uma abertura subaquático localizado imediatamente abaixo da entrada da caverna. A luz é filtrada pela água, que absorve os tons vermelhos, deixando apenas os azuis para passar para a gruta. Um segundo fenômeno cria a aparência dos objetos de prata imerso na água: uma vez que o índice de refração das bolhas de ar que aderem à superfície dos objetos é diferente da da água, a luz é permitida a saída. Acredita-se que, na época romana, sob a regra de Tibério, o interior do Grotta Azzurra foi utilizado como um meio marinho nymphaeum. Houve aqueles que imaginaram a gruta como o habitat de Nereidi ou de Sirenes ou acreditava ser o reino de demônios que enfeitiçadas todos os que se atreveu a entrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário